sexta-feira, 24 de junho de 2016

Reportagens de Cinema

Toda sexta e sábado assista às reportagens de cinema, direto de Hollywood, nos Jornais do SBT e no site: sbt.com.br

e me siga em youtube.com/cleklock




Entrevista Saia Justa - GNT

Assista aí:

http://gnt.globo.com/programas/saia-justa/videos/5095420.htm

domingo, 19 de outubro de 2014

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

O Estado de SP - Entrevista Robert Downey Jr.

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,depois-de-perder-a-mae-downey-jr-fala-do-longa-o-juiz,1575079O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,depois-de-perder-a-mae-downey-jr-fala-do-longa-o-juiz,O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,depois-de-perder-a-mae-downey-jr-fala-do-longa-o-juiz,1575079O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,depois-de-perder-a-mae-downey-jr-fala-do-longa-o-juiz,15750
   Leia 
Leia 


quarta-feira, 2 de julho de 2014

Entrevista - Isto É - Kim Basinger

"Queria fazer um filme no Brasil"
A atriz fala da sua relação com o País, onde já esteve várias vezes, conta como é chegar aos 60 anos em Hollywood e diz que seu maior papel ainda é o de mãe
por Cleide Klock, de Nova York

Kim Basinger acaba de completar 60 anos. Frente a frente, é impossível dar mais de 40 para ela. Linda e exuberante, há quem diga que a atriz que seduziu o mundo nos anos 1980 no filme “9 ½ Semanas de Amor” e ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 1998 com “Los Angeles – Cidade Proibida” esteja mais sexy do que nunca. Após um longo hiato, Kim volta à cena de Hollywood e poderá ser vista em cinco filmes ao longo de 2014. No dia 10 de janeiro, chega às salas de cinema no Brasil “Ajuste de Contas”, no qual completa um triângulo amoroso com os pugilistas Henry “Razor” Sharp e Billy “The Kid” McDonnen, vividos por duas estrelas acostumadas com o ringue, Sylvester Stallone (“Rocky”) e Robert De Niro (“Touro Indomável”). “Adoro artes marciais e boxe é um grande exercício para ficar em forma”, recomenda a bem-humorada atriz que, durante toda a conversa, esbanja sorrisos, gargalhadas e gentilezas. No filme, sua filha de 18 anos interpreta a personagem de Kim mais nova, mas a atriz rejeita comparações. “Ireland não está seguindo o meu caminho. Ela é ela. Desde pequena perguntávamos o que gostaria de ser quando crescesse e respondia sem pensar: ‘Quero ser eu mesma’”, relembra a atriz. Em quase todas as respostas, ela cita Ireland, filha do também ator Alec Baldwin, e frisa: “Ser mãe sempre será o meu maior papel”.

Leia na íntegra:
http://www.istoe.com.br/assuntos/entrevista/detalhe/341177_QUERIA+FAZER+UM+FILME+NO+BRASIL+

terça-feira, 8 de abril de 2014

Entrevista Scarlett Johansson

Cleide Klock
Do UOL, em Manhattan Beach (Califórnia, EUA)

Quando o diretor diz "ação", a Viúva Negra se joga dentro do carro, de arma em punho, no colo do Capitão América e ao lado de Falcão, que acelera. A cena se repete mais de dez vezes. A roupa justíssima destaca ainda mais as curvas e a cintura invejável, já os cabelos vermelhos deixam mais reluzentes a pele e os olhos claros.
A reportagem do UOL passou um dia nos estúdios Marvel durante as filmagens de "Capitão América 2: O Soldado Invernal" e encontrou uma das atrizes mais desejáveis do planeta. "Depois de três filmes ("Homem de Ferro 2" e "Os Vingadores"), agora me sinto muito mais confortável nesse papel. Acho que já perdi o medo", conta Scarlett Johansson.
A atriz diz que nesta sequência de "Capitão América" vai ser possível saber um um pouco mais da personagem, conhecida pelas falas fortes e sem meias palavras. "Tem sido divertido poder desvendar o seu passado e descobrir mais sobre a personalidade dela. A Viúva é tão cheia de disfarces e é emocionante revelar diferentes partes de sua vulnerabilidade. Ela não é só fria, ela é intrigante, há algo misterioso sobre ela que me atrai, e eu acho que isso é o que a faz ser mais interessante".


Divulgação/Disney
Acho que é porque, tradicionalmente, eles não são muito bem feitos e estão normalmente focados na sexualidade, que não é o que mais interessa num longa-metragem de super-herói. A personagem até pode ser sensual, mas precisa ser corajosa, colocar a mão na massa.Scarlett Johansson, que interpreta a Viúva Negra, sobre a escassez de filmes protagonizados por super-heroínas


Leia na integra:

http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2014/04/08/filmes-de-heroinas-sao-mal-feitos-e-focam-na-sexualidade-critica-johansson.htm

sábado, 5 de abril de 2014

Aos 24, Emma Watson tenta conciliar carreira e "vida normal"

Famosa pelo franquia 'Harry Potter', atriz conversou com o Terra sobre papel em 'Noé' e como tenta equilibrar carreiria com a vida universitária


A menina das histórias fantasiosas, amiga do bruxinho Harry Potter cresceu e virou acima de tudo gente como a gente. Com muito mais dinheiro que um cidadão comum, claro (sua fortuna é estimada em mais de US$ 40 milhões ), mas Emma Watson se mostra "pé no chão" no jeito de levar a vida: faz faculdade, namora um jogador de rugby de um time universitário (Matthew Janney) e coloca a família acima de tudo. No próximo dia 15 de abril, a atriz completa 24 anos e já com 15 anos de carreira prova que sobreviveu ao turbilhão de pressão e holofotes mirados às crianças que fazem muito sucesso. Nessa quinta (3), ela chegou aos cinemas brasileiros no papel de Ila, no filme épico Noé.

Em Los Angeles, Emma recebeu o Terra para uma entrevista e na verdade foi ela quem começou as perguntas. Antes de entrar na sala cada jornalista recebeu um formulário de questões sobre a importância dos meios de comunicação nos dias de hoje. Na hora de iniciar a conversa ela pede: "Você respondeu o questionário né? Então posso tirar uma foto sua?". Os papéis pareciam invertidos, mas logo explica: "Vou me formar na faculdade em maio e estou terminando meu projeto final sobre mídia, então preciso colocar sua foto junto com as perguntas".  Emma vai se formar em Língua Inglesa depois de frequentar por cinco anos a Brown University, uma das mais renomadas dos Estados Unidos e a sétima mais antiga do país.


"Você respondeu o questionário né? Então posso tirar uma foto sua?", pediu Emma Watson para um trabalho da faculdade
Leia na íntegra: http://diversao.terra.com.br/gente/aos-24-emma-watson-tenta-conciliar-carreira-e-vida-normal,cd9c4db0e9d25410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Terra - Especial Jogos Vorazes - Em Chamas

Acompanhe o especial sobre os Jogos Vorazes - Em Chamas e as entrevistas com Lenny Kravitz, Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson nos links a seguir:




O ator Josh Hutcherson em cena com Jennifer Lawrence no longa 'Jogos Vorazes: Em Chamas' Foto: Divulgação
O ator Josh Hutcherson em cena com Jennifer Lawrence no longa 'Jogos Vorazes: Em Chamas'
Foto: Divulgação


Jennifer Lawrence sobre o novo 'Jogos Vorazes: "pressão agora é maior"

  • Direto de São Paulo

 

O veterano do elenco de Jogos Vorazes – Em Chamas, o ator canadense Donald Sutherland (M.A.S.H), que interpreta o presidente Snow, não mede palavras para descrever Jennifer Lawrence:  "Ela é genial. Jennifer absorve as informações e sai de dentro dela um personagem perfeito e verdadeiro. Quando está atuando, a gente olha no olho dela e é possível ver o fundo de sua alma, é simplesmente perfeita". Francis Lawrence (Eu Sou a Lenda) faz coro: "Ela é provavelmente uma das atrizes mais talentosas com quem já trabalhei. É incrível vê-la atuando, não fala muito sobre como vai fazer o personagem e de repente, por instinto, o cria e surpreende a gente", diz o diretor, que apesar de ter o mesmo sobrenome da atriz, não tem com ela nenhum grau de parentesco.



"Uma carreira inspira a outra", diz Lenny Kravitz sobre ser músico e ator


Músico de 49 anos em cena de 'Jogos Vorazes: Em Chamas', que estreia no Brasil nesta sexta-feira (15) Foto: Divulgação
Músico de 49 anos em cena de 'Jogos Vorazes: Em Chamas', que estreia no Brasil nesta sexta-feira (15)
Foto: Divulgação

  • Direto de Los Angeles


Mais conhecido pelos sucessos musicais que vão do rock ao soul, Lenny Kravitz está cada vez mais presente nas telonas. Escolhe a dedo as produções das quais participa e tem acertado em cheio: entrou em uma das franquias de maior bilheteria dos últimos tempos, Jogos Vorazes, e tem feito filmes aclamados pela crítica e com presença garantida em grandes prêmios. 


"A melhor parte foi reencontrar o elenco", diz Josh Hutcherson sobre 'Jogos Vorazes 2'


Josh Hutcherson já está acostumado a embarcar em viagens fantásticas, sejam elas ao centro da Terra, sejam a uma arena onde se encara a morte face a face. E todas mostram um público diretamente proporcional ao do sucesso dos trabalhos - fantásticos. 
Aos 21 anos, o ator já coleciona cerca de 40 filmes no currículo e agora volta à cena na segunda parte de uma das franquias mais badaladas e lucrativas dos últimos tempos em Jogos Vorazes - Em Chamas, retomando o papel do corajoso e apaixonado Peeta Mellark.




sexta-feira, 12 de julho de 2013

Entrevista Terra: Kevin Costner

Kevin Costner diz que não fez 'Homem de Aço' como fã

Em entrevista ao Terra, ator falou sobre seu papel em novo filme de Zack Snyder e que nunca se identificou com heróis


Kevin Costner vive Jonathan Kent, pai do super-herói Foto: Divulgação
Kevin Costner vive Jonathan Kent, pai do super-herói
Foto: Divulgação
  • Direto de Los Angeles

Mais rápido do que uma bala, ele levou multidões ao cinema para comemorar seu aniversário de 75 anos: bateu recorde de bilheteria na abertura, nos Estados Unidos, e já faturou ao redor do planeta quase US$ 600 milhões. Quanto às críticas, tem para todos os gostos, mas sem dúvida, essa é a melhor das últimas aparições do herói mais querido de todos os tempos. O Super-Homem foi criado em 1938, em uma época em que o mundo precisava de um salvador, após a grande depressão da década de 1930. Desde então, é um dos maiores ícones da cultura pop, foi repaginado de acordo com a necessidade de esperança de cada época e, assim, passou por todas as mídias existentes no último século.
Desde sempre, essa foi comparada a outras histórias de sucesso. Para ser mais direta, a mais conhecida do mundo: as semelhanças da origem do mito, a criança que nasce em um lugar distante, cresce em uma terra estrangeira e depois salva o planeta. Há ainda as analogias que o conectam a Sansão e Hércules. Tanto histórico que deixou até o diretor apreensivo: “eu estava com medo, porque o Super-Homem é o Super-Homem, mas depois de ler o roteiro (assinado por David S. Goyer e Christopher Nolan), fiquei confiante, pois vi que tinha algo muito bacana que me interessou bastante. Tive que deixar passar esse medo pelo ícone que ele representa”, disse Zack Snyder em um encontro com a imprensa mundial.